8 de agosto de 2011

Um jornal não pode mentir, ser partidário, ter adversário…

As Organizações Globo fizeram publicar um Manual de Princípios Editorias com as regras básicas e princípios pelos quais seus profissionais devem pautar-se na hora de produzir a notícia. As razões que levaram as Organizações Globo a este procedimento, decorreram, segundo seus diretores, da invasão via Internet de uma multidão produzindo informações, muitas vezes sem levar em consideração os cuidados necessários. O trecho a seguir define os objetivos do Manual: Ao mesmo tempo, porém, ela obriga a que todas as empresas que se dedicam a fazer jornalismo expressem de maneira formal os princípios que seguem cotidianamente.”

Aplaudo as Organizações Globo, prometo utilizar seu manual aqui no Blog e divulgo o inteiro teor para que todos saibam quais são as regras mínimas que devem pautar um bom jornalismo. De posse destes parâmetros, creio podermos encostar na parede jornais partidários travestidos de veículos de comunicação isenta.

Para começar, leiam as regras para uma matéria isenta e compare com aquelas que você lê no dia a dia do Pará:

Na apuração, edição e publicação de uma reportagem, seja ela factual ou analítica, os diversos ângulos que cercam os acontecimentos que ela busca retratar ou analisar devem ser abordados. O contraditório deve ser sempre acolhido, o que implica dizer que todos os diretamente envolvidos no assunto têm direito à sua versão sobre os fatos, à expressão de seus pontos de vista ou a dar as explicações que considerar convenientes;”

Acesse: Manual de Princípio Editoriais das Organizações Globo

Nenhum comentário:

Postar um comentário