12 de maio de 2011

Aumento de preço da passagem de ônibus não é justo

ônibus-lotado em belém Não é pelo valor de R$ 2,00, porém muito mais pela qualidade do serviço que aumentar o preço da passagem de ônibus em Belém não é uma medida de justiça, e não adianta vir com este cala boca de bilhete único válido por duas horas que não cola. 

Quando a televisão anunciou o bilhete único válido por duas, uma pessoa que estava ao meu lado logo exclamou:

          – duas horas… a gente passa é muito mais nos engarrafamentos, isso não vai adiantar de nada.

O que o conselho da CTBEL deve discutir, ao invés de autorizar o reajuste, é uma política séria de transporte para Belém. Não dá mais para suportar ônibus sujos, atrasados, lotados e caros. Motoristas queimando paradas e deixando passageiros horas a fio a espera de um coletivo, que pode não chegar ao destino, ficando no “prego” pela metade do caminho.

A prova de que o serviço de transporte público é imprestável está no surgimento de muitas alternativas informais como as vans, kombis, motos e pelo uso da bicicleta como meio de transportes. As pessoas preferem arriscar-se dentro de uma kombi caindo os pedaços, do que mofar horas e horas numa parada, pagar caro e ainda ser maltratada por motoristas e cobradores estressados com o exaustiva jornada de trabalho e baixo salários.

Tenho certeza que se fizerem uma pesquisa de opinião vão comprovar que os usuários mais insatisfeitos da Capital são os passageiros de ônibus.

A vida em Belém é muito duro pela ausência de serviços públicos de qualidade, e os separatistas ainda dizem que os governantes só dão atenção para Região Metropolitana. Imaginem se não dessem!

Nenhum comentário:

Postar um comentário